Bolsas

Câmbio

Exportações de petróleo da Arábia Saudita devem ficar abaixo de 7 mi bpd, dizem fontes

DUBAI/LONDRES (Reuters) - As exportações de petróleo da Arábia Saudita deverão cair abaixo de 7 milhões de barris por dia neste verão no hemisfério norte, de acordo com fontes da indústria familiarizadas com o assunto, e os dados de frete até agora apoiam esses números.

O ministro saudita de Energia, Khalid al-Falih, disse em maio que os embarques deveriam cair ante junho, particularmente para os Estados Unidos, já que o principal produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) pretende limitar a oferta para ajudar a equilibrar o mercado.

As exportações em maio, quando a produção total da Arábia Saudita foi de 9,88 milhões de barris por dia, ficaram em média abaixo de 7 milhões de barris por dia, três fontes da indústria e de frete disseram à Reuters. Indicações iniciais sugerem que o cenário continua o mesmo neste mês, disse uma das fontes.

As exportações mais baixas podem ajudar a reduzir os estoques inchados dos Estados Unidos, o maior e mais transparente mercado de petróleo do mundo. Os altos estoques têm pesado sobre os preços do petróleo.

No geral, as exportações sauditas devem ser inferiores as de 2016, quando o reino embarcou cerca de 7,4 milhões de barris por dia, em média, de maio a agosto.

A Arábia Saudita está liderando a Opep e outros produtores este ano em um pacto para reduzir a produção de petróleo, um acordo que inicialmente seria para o primeiro semestre de 2017 e que foi estendido até março de 2018.

(Por Rania El Gamal e Alex Lawler)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos