Bolsas

Câmbio

S&P corta rating da JBS para B+ e mantém observação negativa

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco Standard & Poor's cortou nesta quarta-feira o rating de crédito de longo prazo em moeda estrangeira da JBS de BB para B+, mantendo a observação negativa sobre a nota.

"O rebaixamento reflete as investigações de corrupção e o acordo de leniência da holding J&F evidencia padrões de governança fracos, que resultam em reduzida flexibilidade financeira para a JBS", afirmou a S&P em relatório.

"Os ratings seguem em observação negativa devido aos riscos ainda significativos de refinanciamento e pressões de liquidez, uma vez que a empresa tem grandes vencimentos de dívida de curto prazo", adicionou a S&P.

Em 18 de maio, a S&P havia colocado o rating da maior empresa mundial de carnes em observação negativa, na esteira da revelação de um acordo de delação premiada de executivos da holding J&F, incluindo Joesley Batista, então presidente do conselho de administração da JBS.

Com a decisão, a S&P segue medidas tomadas pelas outras duas grandes agências globais de rating, a Moody's e a Fitch, que já haviam cortado as notas de crédito da JBS.

A decisão da agência veio no mesmo dia em que a JBS nomeou Marcelo Proença como diretor global de compliance, como parte dos esforços para melhorar as práticas de governança da empresa, após a delação de ilícitos por executivos do grupo.

Após o anúncio de novo corte no rating, as ações da JBS reverteram a direção e fecharam em queda de 0,59 por cento. O Ibovespa subiu 0,15 por cento.

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos