Bolsas

Câmbio

UBS avalia transferir vagas de Londres para Frankfurt, Madri ou Amsterdão, diz presidente à CNBC

Por Joshua Franklin

ZURIQUE (Reuters) - O UBS avalia se transferirá os postos de trabalho de Londres para Frankfurt, Madri ou Amsterdã, como resultado da saída do Reino Unido da União Europeia (UE), disse o presidente- executivo do banco suíço, Sergio Ermotti, em entrevista à CNBC.

Com cerca de 5 mil funcionários baseados em Londres, o UBS está avaliando para onde transfer as vagas que requerem acesso ao mercado europeu.

"Eu acho que Frankfurt é a localização de escolha. Há outras locações diferentes que podem ser consideradas", afirmou Ermotti nesta segunda-feira. "Eu penso em Amsterdã, penso em Madri... Conforme conversamos, estamos reduzindo as opções."

O UBS tomará uma decisão até o fim do terceiro trimestre ou início do quarto, de acordo com Ermotti.

Empresas de serviços financeiros precisam de uma subsidiária regulamentada em um país da UE para oferecer produtos em todo o bloco, o que significa que algumas delas estão avaliando transferir empregos do Reino Unido se perderem acesso ao mercado único europeu.

Frankfurt vem sendo apontada como um possível destino para as vagas do UBS em Londres porque o banco estabeleceu no ano passado uma unidade na cidade alemã, a fim de consolidar a maior parte das operações de gestão de riquezas na Europa.

Mas outras cidades europeias, incluindo Madri ou Amsterdã, também competem para atrair bancos buscando transferir vagas de Londres.

Ermotti afirmou que os clientes da principal divisão de gestão de fortunas do UBS mostraram disposição ainda maior em investir mais capital nos últimos cinco meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos