Bolsas

Câmbio

GPA reverte prejuízo e lucra R$169 mi no 2º trimestre

SÃO PAULO (Reuters) - O Grupo Pão de Açúcar (GPA), maior companhia de varejo do país, teve lucro líquido consolidado de 169 milhões de reais no segundo trimestre, ante prejuízo de 583 milhões um ano antes. O resultado foi apoiado em desempenho da bandeira de atacarejo Assaí e contabilização de créditos fiscais.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado consolidado do segundo trimestre saltou 73,4 por cento sobre um ano antes, para 967 milhões de reais.

A área de multivarejo, que abriga as bandeiras de supermercados Pão de Açúcar e Extra, teve alta de 94,5 por cento no Ebitda ajustado, a 758 milhões de reais; enquanto a divisão o Assaí teve crescimento de 42,7 por cento no período, para 239 milhões de reais.

Segundo o balanço, o GPA registrou no segundo trimestre ganhos tributários decorrentes de ressarcimento de ICMS que tiveram impacto positivo de 447 milhões de reais na margem bruta da divisão multivarejo, que encerrou junho em 34,4 por cento ante 29,3 por cento no mesmo período de 2016.

A empresa previu margem Ebitda de cerca de 5,5 por cento em 2017, "sustentado por expansão da rentabilidade no Assaí e estabilidade no multivarejo" e investimentos de aproximadamente 1,2 bilhão de reais.

O GPA elevou a receita líquida consolidada em 9,5 por cento no segundo trimestre na comparação anual, para 10,66 bilhões de reais. Enquanto isso, o custo de mercadorias vendidas subiu 6 por cento, a 7,78 bilhões.

Já as despesas com vendas, gerais e administrativas tiveram alta de 2,3 por cento, a 1,9 bilhão de reais, contidas pela queda de 3 por cento na área de multivarejo, enquanto no Assaí, que tem passado por expansão de lojas, elevou a linha em 25,6 por cento, a 437 milhões de reais.

No Assaí, as vendas em mesmas lojas, importante indicador sobre o desempenho de grupos de varejo e que mede vendas de lojas abertas há pelo menos um ano, subiram 13,5 por cento no segundo trimestre. Na bandeira Extra, as vendas em mesmas lojas subiram a 7,6 por cento ante crescimento de 5,4 por cento nos três primeiros meses do ano.

O GPA afirmou que terminou junho com 110 lojas Assaí, quatro a mais que no primeiro trimestre. Os hipermercados Extra tiveram 10 fechamentos no período e encerraram o mês passado com 119 lojas.

Incluindo todos os negócios do grupo, o GPA tinha 1.108 lojas em operação no Brasil no final de junho. Um ano antes eram 1.138 pontos de vendas em operação, segundo dados da companhia.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos