Bolsas

Câmbio

Primeira rodada de negociações do Nafta chega ao fim

WASHINGTON (Reuters) - Os representantes dos Estados Unidos, do Canadá e do México encerraram neste domingo a primeira rodada de negociações para a revisão do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta, em inglês), indicando que a conclusão das negociações pode ir além do esperado.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou fragmentar o bloco econômico de 23 anos, descrevendo-o como um desastre que custou aos americanos centenas de milhares de empregos no setor industrial.

As três nações, que têm grandes diferenças em questões-chave, planejam se reunir a cada três semanas até o final do ano para concluir o trabalho antes das eleições de 2018 nos Estados Unidos e no México.

"As instruções que os grupos receberam são claras: trabalhe e trabalhe rápido", disse uma fonte envolvida nas negociações. "Esta não é uma negociação como outras que participamos.”

Embora os Estados Unidos tenham insistido por meses em endurecer as regras para a quantidade de itens norte-americanos em veículos e autopeças, os negociadores dos EUA não apresentaram detalhes específicos em suas reuniões iniciais sobre o tema, disse uma fonte envolvida nas negociações.

Isso significa que as metas especificas não devem surgir até a segunda rodada de negociações que ocorrerá, no próximo mês, no México.

No início das discussões de quarta-feira, o principal assessor comercial de Trump, Robert Lighthizer, disse que o presidente não estava interessado em "um simples ajuste" do Nafta.

(Por Anthony Esposito e David Lawder)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos