Bolsas

Câmbio

Minério de ferro avança na China antes de limites de compra entrarem em vigor

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro na China avançaram nesta segunda-feira pela terceira sessão consecutiva, com alta superior a 6 por cento, impulsionados por preocupação com a escassez na oferta de produto de alta qualidade e antes de entrarem em vigor limites para as compras no mercado futuro.

A Bolsa de Dalian disse na sexta-feira que limitará as compras e vendas diárias de contratos futuros para entrega em janeiro e fevereiro a 6 mil lotes a partir da terça-feira, dia 22. O contrato para janeiro é atualmente o mais líquido. Cada lote equivale a 100 toneladas de ferro.

"Métodos administrativos não podem mudar a situação desequilibrada de oferta e demanda", afirmou Wang Yilin, analista da Sinosteel Futures.

O contrato mais ativo do minério de ferro em Dalian fechou em alta de 6,6 por cento, a 596 iuanes (89,34 dólares) por tonelada. O contrato chegou a atingir uma máxima de 601 iuanes durante o pregão, maior patamar desde 20 de março.

Os futuros de minério de ferro subiram 10,8 por cento nas últimas três sessões, o maior ganho percentual de três dias desde o período de três dias encerrado em 14 de fevereiro de 2017.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço na Bolsa de Xangai avançou 3,6 por cento, para 3.962 iuanes por tonelada.

(Por Muyu Xu e Redação Pequim)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos