BTG Pactual obtém licença para ter corretora na Argentina

Por Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO (Reuters) - O BTG Pactual vai iniciar operações de sua corretora na Argentina nas próximas duas semanas, em estratégia para ampliar sua exposição a uma potencial expansão do mercado de capitais do país.

De acordo com Rodrigo Goes, chefe de vendas e negociação do BTG Pactual, a abertura de uma corretora no país vizinho ocorreu após reformas empreendidas pelo presidente argentino, Mauricio Macri.

O escritório de 20 funcionários, que originalmente operava capital próprio do banco, deverá ter um crescimento rápido, uma vez que o BTG Pactual opera com ações, títulos de renda fixa e outros ativos, disse Goes.

O BTG Pactual está entre os bancos internacionais que expandem negócios comerciais e de gestão de ativos na Argentina, que sob o comando de Macri aliviou controles de capital e implementou uma anistia tributária de 120 bilhões de dólares.

"Temos convicção de que a Argentina está indo na direção certa", disse Goes, também presidente-executivo do BTG Pactual para a América Latina, à Reuters.

Após mais de uma década de políticas hostis ao mercado, Macri também resolveu uma disputa de 15 anos sobre títulos detidos por investidores e desfez restrições de exportação para atrair mais moeda estrangeira ao país. O governo e as empresas arrecadaram mais de 30 bilhões de dólares em dívida externa no ano passado, disse ele.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos