Bolsas

Câmbio

Wall St recua com ameaça de paralisação do governo dos EUA

NOVA YORK (Reuters) - Os índices dos Estados Unidos encerraram em queda nesta quarta-feira, à medida que os investidores ficaram em alerta com uma ameaça do presidente Donald Trump sobre uma paralisação do governo se o Congresso não conseguir financiar a construção de um muro na fronteira com o México.

O índice Dow Jones <.DJI> caiu 0,4 por cento, a 21.812 pontos, enquanto o S&P 500 <.SPX> perdeu 0,34 por cento, a 2.444 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq <.IXIC> recuou 0,3 por cento, a 6.278 pontos.

As ações reduziram um pouco as perdas após comentários do presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Paul Ryan, afirmando que a paralisação do governo é desnecessária. No entanto, isso não foi suficiente para acalmar o mercado já que o prazo para aprovar as medidas se aproxima.

O Congresso dos EUA terá cerca de 12 dias úteis quando retornar do seu recesso de verão, em 5 de setembro, para elevar o teto da dívida antes que o Tesouro dos Estados Unidos esgote a última de suas opções para se manter em dia com todas as obrigações do governo federal.

A agência de classificação de risco Fitch Ratings afirmou que uma falha em elevar o teto em tempo hábil poderá leva-lá a rever a classificação da dívida soberana dos EUA, "com implicações potencialmente negativas".

"O que temos visto nessa última semana nos mercados financeiros tem sido um pouco de agitação em relação à situação política dos EUA", disse Paul Eitelman, estrategista de investimento da Russell Investments em Seattle.

Os investidores também miram o discurso da chair do Federal Reserve, Janet Yellen, na reunião de banqueiros centrais em Jackson Hole, Wyoming, nesta sexta-feira. A fala de Yellen será examinada pelos investidores em buscas de pistas sobre a política monetária do banco central norte-americano.

(Por Kimberly Chin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos