Bolsas

Câmbio

Maia diz não acreditar que Refis seja votado nesta 4ª-feira

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse não acreditar que a medida que promove a renegociação de dívidas tributárias de empresas, o chamado Refis, seja votada nesta quarta-feira.

Na véspera, o presidente afirmou que governo e congressistas estavam perto de um acordo, e que havia chance de um texto consensual ser votado nesta quarta.

“Eu acredito que não”, disse Maia, ao ser questionado sobre a possibilidade de votação do Refis nesta quarta, acrescentando que a articulação do texto está a cargo dos líderes.

Na terça-feira, líderes de bancada discutiram o tema em reunião na liderança do governo na Casa, mas ainda havia algumas arestas a serem aparadas.

Uma importante liderança, que participa das negociações, disse à Reuters, no entanto, que ainda há chance de a medida ser votada nesta quarta-feira. Segundo essa fonte, houve um acordo em torno de um texto na noite da terça-feira, mas ele ainda precisa ser submetido ao Executivo.

Esse líder sustenta que, diante da falta de acordo em torno da reforma política, ainda que não totalmente descartado, há possibilidade de a Câmara votar o refinanciamento das dívidas tributárias de empresas nesta quarta.

Mas uma outra fonte, da área econômica, disse que a Fazenda não espera votação nesta quarta, por não sentir total segurança no acordo firmado.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello e Silvio Cascione)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos