Bolsas

Câmbio

Ministro dos Transportes diz que governo quer abrir capital da Infraero

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, confirmou nesta quarta-feira que o governo tem a intenção de fazer uma abertura de capital da Infraero para captação de recursos pela estatal aeroportuária.

Falando em audiência pública na Câmara dos Deputados, Quintella disse também que os recursos obtidos com a venda de participações minoritárias da Infraero nas concessões de aeroportos irão para o caixa da empresa.

O ministro pontuou que ainda não foi definido quais participações serão vendidas e por qual valor.

Apesar de afirmar durante a audiência pública, mais de uma vez, que a Infarero não será privatizada, ao discutir o asssunto com jornalistas o ministro não descartou que a fatia majortitária da empresa fique com o setor privado, após abertura de capital.

"Você pode fazer um IPO com a parte majoritária ainda sendo pública ou pode fazer um IPO com a parte privada sendo majoritária", disse o ministro, afirmando que nesse segundo caso o governo teria uma "golden share" para assuntos mais delicados na gestão da empresa, algo semelhante ao que está sendo proposto na desestatização da Eletrobras.

Quintella esclareceu que essas questão ainda serão definidas em um estudo que deve ficar pronto em cerca de 90 dias.

O ministro disse ainda que a expectativa do governo é realizar em julho do ano que vem o leilão de concessão do aeroporto de Congonhas (SP).

(Por Leonardo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos