Bolsas

Câmbio

Minério de ferro na China recua para mínima em dois meses com ampla oferta

MANILA (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China caíram quase 5 por cento nesta quinta-feira, na quinta sessão de queda em seis, refletindo preocupações quanto à ampla oferta, já que mineradores têm aumentado a produção, enquanto a demanda de curto prazo por aço no maior consumidor global parece estar em risco.

Em meio ao enfraquecimento dos contratos futuros, o minério de ferro no mercado spot chegou a cair abaixo de 70 dólares por tonelada nesta semana pela primeira vez desde julho, com ofertas por cargas físicas diminuindo, afirmaram operadores.

O contrato mais ativo do minério de ferro na Bolsa de Dalian fechou em queda de 4,7 por cento, a 472 iuanes (72 dólares) por tonelada, ligeiramente acima da mínima do dia, de 471 iuanes, menor nível desde 18 de julho.

Em paralelo, o contrato mais líquido do vergalhão de aço na Bolsa de Xangai cedeu 2,4 por cento e encerrou em 3.655 iuanes por tonelada.

A nova oferta de minério no mercado inclui produção da brasileira Vale, a maior produtora, com seu projeto S11D, que produziu 12 milhões de toneladas entre janeiro e agosto e deverá produzir entre 9 e 11 milhões de toneladas entre setembro e dezembro.

(Por Manolo Serapio Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos