Bolsas

Câmbio

Produção de petróleo do Brasil recua em agosto, diz ANP

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de petróleo no Brasil em agosto totalizou 2,576 milhões de barris por dia (bbl/d), uma redução de 1,8% na comparação com o mês anterior e de 1,3% em relação a igual período de 2016, informou nesta segunda-feira (2) a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Já a produção de gás natural do país totalizou 112 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d), uma redução de 2,8% em relação ao mês anterior e um aumento de 2,8% ante agosto de 2016.

A ANP ainda destacou que o aproveitamento de gás natural no Brasil no mês passado alcançou 97% do volume total produzido, superando o recorde registrado em setembro de 2016.

"A queima de gás totalizou 3,4 milhões de metros cúbicos por dia, uma redução de 19,8% se comparada ao mês anterior...", disse a ANP, lembrando que a principal contribuição foi a redução do gás queimado pela plataforma P-66, ainda em fase de comissionamento, devido ao melhor aproveitamento do gás para consumo interno e ao início da injeção de parte do gás produzido.

A redução em relação a julho se deve, principalmente, às paradas programadas dos FPSOs Cidade de Maricá e Cidade de Itaguaí, ambos instalados no campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, explicou a agência.

A produção total de petróleo e gás natural no país foi de aproximadamente 3,280 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d).

A produção do pré-sal em agosto totalizou aproximadamente 1,573 milhão de barris de óleo equivalente por dia, uma redução de 2,5 por cento em relação ao mês anterior, disse a ANP.

O campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural. Produziu, em média, 675 mil bbl/d de petróleo e 28,5 milhões de m3/d de gás natural.

Basta cavar para achar petróleo?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos