Bolsas

Câmbio

Maia diz que foi importante ficar claro que governo vai colaborar com reforma da Previdência

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira ter sido importante ficar claro que o governo “de forma nenhuma” vai deixar de ajudar na aprovação da reforma da Previdência.

Na chegada à Câmara, após participar de reunião com o presidente Michel Temer, ministros e líderes partidários, Maia disse que numa votação tão difícil como a da Previdência, é importante que o governo esteja empenhado.

“O presidente Michel Temer vai estar empenhado”, disse.

O presidente da Câmara afirmou que o momento da votação da proposta depende da condição de voto. “Se a gente tiver voto, ótimo”, disse, ao avaliar fala do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que defendeu a votação da matéria ainda este ano.

Maia disse que chegou a se ter uma impressão de que o governo havia desistido da reforma, o que seria ruim para os brasileiros que querem "acabar com a injustiça" no país.

Para o parlamentar, se tiver voto, “vota amanhã”. Mas ele frisou que não se pode colocar em pauta a matéria para perder, já que isso seria uma “sinalização muito ruim”.

“Vamos ao plenário com o texto possível, não sei se maior ou menor”, disse. “O importante é que a gente construa as condições para aprovar a matéria”, completou.

O presidente da Câmara defendeu, ainda, uma reforma que acabe com a distorção e a transferência de renda dos benefícios que privilegiam atualmente quem ganha mais.

(Por Ricardo Brito)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos