Bolsas

Câmbio

Alertas e downgrades pesam em bolsas europeias, que têm outra queda semanal

MILÃO (Reuters) - Os índices acionários europeus fecharam em queda nesta sexta-feira com resultados decepcionantes de empresas e rebaixamentos por corretoras pressionando o mercado, encerrando a segunda semana seguida de queda.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,29 por cento, a 1.509 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,29 por cento, a 384 pontos.

O STOXX registrou a segunda queda semanal consecutiva, uma vez que os investidores realizaram lucros após um ano forte.

A Elior caiu 18,2 por cento depois que o terceiro maior grupo de fornecimento de refeições da Europa cortou sua previsão de lucro.

As ações da Fresenius SE, Greene King, Just Eat, United Utilities e H&M caíram mais de dois por cento após terem sido rebaixadas por corretoras.

A Sky subiu 4,1 por cento após as notícias de que a Comcast e Verizon manifestaram interesse em adquirir uma parte significativa dos ativos da Twenty-First Century Fox, de Rupert Murdoch.

Já grupo de mídia Vivendi subiu 4,4 por cento e reverteu a fraqueza de mais cedo, com os investidores digerindo a atualização dos resultados do conglomerado de mídia francês.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,08 por cento, a 7.380 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,41 por cento, a 12.993 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,32 por cento, a 5.319 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,51 por cento, a 22.092 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,78 por cento, a 10.010 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,25 por cento, a 5.258 pontos.

(Por Danilo Masoni)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos