Bolsas

Câmbio

Riscos à estabilidade da zona do euro estão contidos, diz BCE

FRANKFURT (Reuters) - Os riscos à estabilidade financeira da zona do euro permanecem contidos, cenário respaldado por uma expansão econômica ampla, mesmo que o bloco continue a enfrentar uma série de vulnerabilidades, afirmou o Banco Central Europeu (BCE) em relatório nesta quarta-feira.

Com 18 trimestres seguidos de crescimento econômico, a zona do euro apresenta seu melhor desempenho em uma década e indicadores antecedentes sugerem que a expansão está finalmente alcançando países periféricos.

"Condições econômicas melhores sustentam a avaliação de que existe uma supervalorização generalizada nos mercados financeiros da zona do euro", disse o BCE. "Entretanto, riscos globais em particular podem provocar correções no mercado de ativos financeiros com repercussões negativas na estabilidade financeira."

Entre as principais vulnerabilidades estão a reprecificação abrupta de prêmios de risco globais, rentabilidade fraca do setor bancário, preocupações renovadas com a dívida pública e riscos de liquidez no setor financeiro não bancário, explicou o BCE no relatório.

"A compressão contínua dos prêmios de risco e sinais de comportamento de assumir risco nos mercados financeiros são fontes de preocupação já que podem semear as sementes para grandes correções de preços de ativos no futuro", completou o BCE.

(Reportagem de Balazs Koranyi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos