Bolsas

Câmbio

Wall Street fecha em alta apesar de ameaça de paralisação do governo

Por April Joyner

NOVA YORK (Reuters) - Wall Street subiu nesta sexta-feira, impulsionada por ganhos nas ações de consumo, mesmo diante de um possível paralisação do governo.

O S&P 500 e o Nasdaq atingiram altas recordes de fechamento, enquanto o Dow Jones terminou o dia em alta depois de negociar em uma faixa estreita.

Nike, Philip Morris International e Home Depot subiram entre 1,5 e 4,8 por cento com expectativas otimistas de analistas, ajudando a elevar o S&P 500. Por outro lado, as perdas na International Business Machines e na American Express limitaram ganhos no Dow.

O índice Dow Jones subiu 0,21 por cento, a 26.072 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,438523 por cento, a 2.810 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,55 por cento, a 7.336 pontos.

Na semana, o Dow subiu 1,04 por cento, o S&P 500 adicionou 0,86 por cento e o Nasdaq ganhou 1,04 por cento.

"O mercado sente algum nervosismo como resultado de uma possível paralisação", disse Kevin Miller, presidente-executivo da E-Valuator Funds. "De uma perspectiva a longo prazo, os resultados das empresas ainda estão fortes e estamos prestes a incorporar os benefícios da reforma tributária."

O Senado dos EUA corre para evitar uma paralisação antes do prazo final de meia-noite para o limite de gastos do governo, em meio a divergências persistentes entre democratas e republicanos.

(Por Sruthi Shankar)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos