PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

BNY Mellon tem lucro acima do esperado no 1º trimestre

19/04/2018 13h49

(Reuters) - O Bank of New York Mellon divulgou nesta quinta-feira lucro melhor que o esperado para o primeiro trimestre, com o aumento na atividade do mercado acionário e um dólar mais fraco ajudando a impulsionar o crescimento de dois dígitos em seus negócios de manutenção e gestão de ativos.

As ações do maior banco de custódia do mundo subiam cerca de 4,6 por cento às 13:40 (horário de Brasília).

A receita de manutenção de ativos subiu 13 por cento, para 1,52 bilhão de dólares, enquanto o faturamento com gestão de ativos teve alta de 16 por cento, para 770 milhões de dólares, informou o BNY.

"Embora devamos continuar sendo beneficiados pela força e crescimento dos mercados no longo prazo, estamos focados em continuar aumentando o crescimento orgânico de receita", disse o presidente-executivo, Charles Scharf, em comunicado.

Os ativos sob gestão do banco subiram 8 por cento, para um recorde de 1,9 trilhão de dólares, enquanto a receita com comissões teve avanço de 10,3 por cento, para 3,3 bilhões de dólares.

Como um banco de custódia, o BNY obtém a maior parte de sua receita com a administração de dinheiro de clientes que incluem grandes bancos e fundos de hedge, bem como a administração de investimentos para clientes.

O lucro líquido atribuível a acionistas subiu para 1,14 bilhão de dólares, ou 1,1 dólar por papel, no primeiro trimestre, ante 880 milhões de dólares, ou 0,83 dólar por ação, um ano antes.

Analistas, em média, esperavam lucro de 0,96 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Diptendu Lahiri em Bangalore, Índia)