PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Índices acionários europeus avançam com alívio em tensões comerciais; Itália recua

Danilo Masoni e Kit Rees

21/05/2018 13h48Atualizada em 21/05/2018 14h26

MILÃO (Reuters) - Os mercados acionários europeus avançaram nesta segunda-feira, uma vez que a redução nas preocupações acerca de uma guerra comercial elevou o dólar e dava suporte aos exportadores. As ações italianas ficaram sob renovada pressão, conforme os mercados aguardavam a criação de um novo governo.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,26%, a 1.553 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,3%, a 396 pontos, mantendo-se na máxima desde o início de fevereiro.

"O fator de bem-estar com a trégua da guerra comercial reforçou o sentimento de risco e uma libra mais fraca deu a injeção usual de adrenalina para as blue chips", disse Neil Wilson, analista-chefe de mercado do Markets.com.

O dólar bateu nova máxima de cinco meses com o alívio das tensões depois que o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, declarou que a guerra comercial com a China está "em modo de espera" após um acordo para suspender as ameaças tarifárias.

Embora a atividade tenha sido reduzida devido ao fechamento de alguns mercados, incluindo a Alemanha, por um feriado, as ações italianas tiveram notável desempenho mais fraco.

Os partidos Liga e Movimento 5 Estrelas buscam o apoio do presidente para um primeiro-ministro que lidere um governo cujos planos de elevar os gastos estão agitando os mercados financeiros.

O índice italiano FTSE MIB viu suas perdas aumentarem ao longo da sessão e encerrou em queda de 1,5%.

As ações italianas sofreram sua maior perda de uma semana desde o início de março na sessão passada, com preocupações de que o novo governo possa relaxar a disciplina fiscal.

  • Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,03%, a 7.859 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX permaneceu fechado.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,41%, a 5.637 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,52%, a 23.092 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,45%, a 10.066 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,60%, a 5.749 pontos.
PUBLICIDADE