ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Agravamento da disputa comercial pressiona principais índices europeus

Danilo Masoni e Helen Reid

15/06/2018 14h17

MILÃO/LONDRES (Reuters) - Os principais índices acionários europeus recuaram nesta sexta-feira uma vez que a disputa tarifária entre os Estados Unidos e a China aumentou, provocando fortes vendas em ações de commodities sensíveis ao comércio.

A reunião de quinta-feira do Banco Central Europeu (BCE) havia levado os investidores a adiar as expectativas de aumento da taxa de juros, provocando um rali entre as ações europeias.

Mas nesta sexta-feira o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou tarifas sobre 50 bilhões de dólares em importações chinesas e Pequim ameaçou responder da mesma maneira.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 1 por cento, a 1.521 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,99 por cento, a 389 pontos, mas ainda assim teve o resultado semanal mais forte em cinco semanas, com investidores aliviados pela postura "dovish" do BCE em relação ao seu programa de estímulo.

Nas três semanas anteriores, o STOXX registrou perdas diante das preocupações dos investidores sobre o governo antiestablishment na Itália, terceira maior economia da zona do euro, além da desaceleração do crescimento na região.

As preocupações comerciais pesaram sobre as ações de mineração nesta sexta-feira, com o setor de recursos básicos recuando 3,3 por cento, em sua pior queda diária desde novembro de 2016.

Os bancos exerceram o maior peso sobre o mercado, com recuo de 1,9 por cento. Os bancos da zona do euro já haviam se enfraquecido na quinta-feira diante da decepção com o fato de que o BCE deve manter a taxa de juros baixa por mais tempo, já que as margens deles sofrem com juros negativos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,70 por cento, a 7.633 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,74 por cento, a 13.010 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,48 por cento, a 5.501 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,32 por cento, a 22.190 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,07 por cento, a 9.851 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,91 por cento, a 5.569 pontos.

Mais Economia