ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Goldman vê mercado de petróleo apertado por demanda firme e mantém estimativa altista

18/06/2018 09h43

(Reuters) - O Goldman Sachs projetou nesta segunda-feira um mercado de petróleo mais apertado por um período maior em meio a um forte crescimento da demanda e à possibilidade de que crescentes interrupções na oferta possam contrabalancear uma alta na produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

"Nosso balanço atualizado de oferta e demanda global continua a apontar para maiores declínios nos estoques e preços mais elevados no segundo semestre de 2018", disse o banco, reiterando sua previsão de preço para o Brent, de um pico de 82,50 dólares por barril no verão (do hemisfério norte) e uma estimativa de 75 dólares ao final do ano.

"Continuamos, no entanto, a ver que os riscos para essa projeção têm viés de alta, mesmo com preocupações sobre a demanda e a maior produção da Opep pesando sobre os preços no curto prazo."

A Opep e aliados incluindo a Rússia se encontram em Viena em 22 de junho para decidir sobre o futuro de suas políticas de produção.

A atual precificação do mercado sugere que o encontro pode ter um impacto altista nos preços, segundo o Goldman.

"O mercado de opções no Brent pode estar subprecificando o evento de risco..."

O banco estima que a produção da Opep e da Rússia aumente em 1 milhão de barris por dia ao final do ano e em mais 500 mil barris por dia no primeiro semestre de 2019, mas isso seria compensado por crescentes problemas com a oferta da Venezuela e do Irã.

(Por Apeksha Nair em Bangalore)

Mais Economia