PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Wall Street fecha com leve baixa, mas ações de energia sobem

Por Chuck Mikolajczak

18/06/2018 18h18

NOVA YORK (Reuters) - O Dow Jones e o S&P caíram modestamente nesta segunda-feira, encerrando bem abaixo das mínimas da sessão, com ganhos nas ações de energia ajudando a reduzir as quedas decorrentes das preocupações da guerra comercial após a retaliação da China às tarifas dos EUA.

O índice Dow Jones caiu 0,41%, a 24.987 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,21%, a 2.774 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,01%, a 7.747 pontos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na semana passada que estava levando adiante as tarifas sobre 50 bilhões de dólares em importações chinesas, o que levou a uma rápida resposta de Pequim, que disse que colocaria impostos sobre várias commodities americanas.

A Boeing, que tem servido como proxy para tensões da guerra comercial com a China, já que é a maior exportadora dos EUA para o país, caiu 0,9% como o maior empecilho para o Dow Jones. A fabricante de equipamentos de construção Caterpillar caiu 0,9%.

Os fabricantes de chips, que dependem da China para grande parte de sua receita, também saíram perdendo. O índice de semicondutor perdeu 0,99%, seu pior desempenho diário em um mês. A Intel, com 3,4%, foi o maior obstáculo para o S&P 500 e o Nasdaq para as preocupações com tarifas e um rebaixamento feito pela Northland Securities.

"Você está vendo as narrativas comerciais sendo marteladas, ou pelo menos se deparando com alguns ventos contrários significativos e, como resultado, você está vendo a compressão nas avaliações", disse Peter Kenny, estrategista sênior de mercado do Global Markets Advisory Group.