Bolsas

Câmbio

Arrecadação soma R$ 106 bi em maio, diz Receita, dentro do esperado

Patrícia Duarte

SÃO PAULO, 26 Jun (Reuters) - A arrecadação do governo federal registrou alta real (já descontada a inflação) de 5,68% em maio sobre igual mês do ano passado, a R$ 106,192 bilhões, divulgou a Receita Federal nesta terça-feira (26).

O dado veio praticamente em linha com estimativa de R$ 108 bilhões, apontada em pesquisa da agência Reuters junto a analistas.

O resultado, segundo a Receita, veio sobretudo de fatores não recorrentes e alterações na legislação, que renderam R$ 3,890 bilhões no mês passado, R$ 1 bilhão a mais do que em junho de 2017.

Leia também:

Só com o Refis, programa de renegociação de dívidas tributárias, foram R$ 698 milhões, e mais R$ 2,848 bilhões com PIS/Cofins de combustíveis em maio.

Greve dos caminhoneiros

Em maio, houve a paralisação dos caminhoneiros, que durou 11 dias e causou desabastecimento de produtos, afetando diretamente a atividade econômica. 

No mês passado, o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto de Almeida, afirmou que a greve não impactaria na arrecadação deste mês. O reflexo, se houvesse, seria sentido na arrecadação de junho. 

No acumulado do ano até maio, a arrecadação somou R$ 603,4 bilhões, alta real de 7,81%.

(Edição de Claudia Violante)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos