PUBLICIDADE
IPCA
+0,31 Abr.2021
Topo

Impostos são 35% da camisa da seleção e 43% do álbum da Copa; veja outros

Do UOL, em São Paulo

26/06/2018 10h44

O brasileiro que resolver colocar a mão no bolso para animar sua torcida pelo Brasil nos jogos da Copa do Mundo da Rússia vai deixar uma parcela do seu dinheiro nos cofres públicos.

Chegam a 62% os impostos embutidos nos preços de produtos típicos da sacola de compras de quem se veste de verde e amarelo durante o evento, como fogos de artifício. No caso da camisa oficial da seleção, os impostos representam 34,67% do preço final e, no álbum de figurinhas da Copa, o consumidor paga 43,19% em imposto. 

Leia também:

O levantamento foi feito pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação) a pedido da ACSP (Associação Comercial de São Paulo).

Veja abaixo o quanto de imposto o brasileiro paga em alguns itens.

  • Fogos de artifício: 61,56%
  • Cerveja: 55,6%
  • Refrigerante: 46,47%
  • Buzina: 45,59%
  • Televisão: 44,94%
  • Álbum de figurinhas: 43,19%
  • Bandeira do Brasil: 36,2%
  • Pipoca: 34,99%
  • Camisa oficial da seleção: 34,67%
  • Corneta: 34%
  • Carne para churrasco: 29%