PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Ações europeias recuam com preocupações com a Turquia

17/08/2018 14h23

(Reuters) - Os mercados de ações europeus recuaram nesta sexta-feira, com os investidores sofrendo após uma semana turbulenta, de olho em mais agitações possíveis nos mercados emergentes e na fraqueza das ações de tecnologia.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,09%, a 1.491 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,1%, a 381 pontos.

A lira turca recuou cerca de 4% nesta sessão, depois de breve recuperação, depois que uma corte turca rejeitou o pedido de libertação de um pastor cristão norte-americano, intensificando a disputa diplomática entre os dois países e reacendendo os temores dos investidores de ampla crise nos mercados emergentes.

"As consequências para as economias europeias (vindas da Turquia) podem ser mais severas do ponto de vista geopolítico", escreveram os analistas do Goldman Sachs, argumentando que os laços comerciais e financeiros com o país eram relativamente pequenos.

"Para declarar com confiança que o pior já passou para lira, o banco central teria de agir de forma decisiva..., a tensão diplomática com os EUA teria que diminuir, as medidas fiscais prudentes e as reformas estruturais teriam de ser prontamente implementadas", disseram analistas do Rabobank em nota.

Entre os principais impulsionadores ficaram as ações da italiana Atlantia, com alta de cerca de 5,68% depois de perder até 25% no pregão anterior por conta da queda de uma ponte rodoviária em Gênova. A Atlantia é a empresa controladora do operador de rodovias.

Enquanto isso, a empresa holandesa de armazenamento de petróleo e produtos químicos Vopak anunciou lucro inferior ao esperado e perdeu 6,42%.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,03%, a 7.558 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,08%, a 5.344 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,53%, a 20.415 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,11%, a 9.417 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,47%, a 5.461 pontos.