IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Litel aprova emissão de R$2,5 bi em notas promissórias

17/08/2018 19h15

SÃO PAULO (Reuters) - A Litel , que reúne fundos de pensão acionistas da mineradora Vale , informou nesta sexta-feira que seu Conselho de Administração aprovou a emissão de 50 notas promissórias comerciais no valor total de 2,5 bilhões de reais.

Segundo a empresa, os recursos líquidos obtidos pela companhia com a emissão serão utilizados para propósitos corporativos gerais e/ou capital de giro da companhia.

A aprovação da emissão das notas ocorreu em momento em que a Litel e a Bradespar lidam com uma ação judicial indenizatória de 4,5 bilhões de reais em favor da Elétron, parte de um grupo que participou do leilão de privatização da Vale em 1997.

A Eletrón obteve decisão favorável em um processo sobre uma opção para aumentar sua participação na Vale anos atrás.

A Reuters informou na última segunda-feira que a Bradespar planeja usar os recursos de uma emissão de notas feita por ela, no valor de 2,4 bilhões de reais, para pagar indenização à Elétron, do empresário Daniel Dantas. [nL1N1V40PQ]

Posteriormente, a Bradespar informou que o prazo para que a holding e a Litel depositem a indenização de cerca de 4,5 bilhões de reais para Elétron, inicialmente previsto para a última terça-feira, foi prorrogado "mediante um negócio jurídico processual".

(Por Roberto Samora)