ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Cotações

Mercados europeus atingem mínima de 5 meses com tecnologia e mineração pesando sobre índices

06/09/2018 13h44

MILÃO/ LONDRES (Reuters) - Os índices acionários europeus recuaram para os níveis mais baixos em cinco meses, com as preocupações com o comércio pesando e as ações de tecnologia sob pressão.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,49 por cento, a 1.460 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,59 por cento, a 373 pontos.

As novas perdas nos mercados emergentes e preocupações com a possibilidade de Washington seguir com os planos de impor tarifas sobre mais 200 bilhões de dólares em importações chinesas mantiveram os investidores apreensivos.

"A turbulência nos mercados emergentes também continua, ampliando-se na Argentina e na Turquia, afetando ainda mais o sentimento global enquanto aguardamos a decisão dos Estados Unidos sobre as tarifas adicionais sobre importações da China", disse Mike van Dulken, analista da Accendo Markets.

O período de consulta pública sobre a proposta de Washington de impor novas tarifas à China termina nesta quinta-feira e abre caminho para uma decisão, embora ainda não esteja clara a rapidez com que isso acontecerá.

Setores relacionados a commodities, como petróleo e gás e recursos básicos ficaram entre as maiores quedas.

As ações de tecnologia também registraram quedas notáveis, recuando 1,2 por cento para o nível mais baixo desde o início de maio.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,49 por cento, a 1.459 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,87 por cento, a 7.318 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,87 por cento, a 11.954 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,31 por cento, a 5.243 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,27 por cento, a 20.527 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,00 por cento, a 9.208 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,61 por cento, a 5.261 pontos.