ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Ministros do G-20 dizem que há "necessidade urgente" de reforma da OMC

Scott Squires

Buenos Aires

14/09/2018 20h30

Ministros de comércio de países do G-20 reunidos na Argentina disseram que há uma "necessidade urgente" de melhorar a Organização Mundial do Comércio (OMC) para enfrentar os desafios atuais e futuros, segundo comunicado conjunto divulgado nesta sexta-feira.

Com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, preparando tarifas sobre mais US$ 200 bilhões em produtos chineses, os ministros disseram estar "intensificando o diálogo" sobre disputas comerciais internacionais, de acordo com o comunicado.

O documento não deu detalhes sobre possíveis reformas na OMC ou como o diálogo sobre o comércio estava aumentando.

"Obviamente as novas medidas tarifárias não são positivas", disse o ministro do Trabalho e Produção da Argentina, Dante Sica, na coletiva de imprensa após a reunião. "Mas nós precisamos ver como as coisas se desenvolvem."

A Argentina detém a presidência rotativa do G20 neste ano.

O governo Trump exigiu que a China cortasse o seu superávit comercial de US 375 bilhões com os EUA, suspendesse políticas voltadas para a aquisição de tecnologia e propriedade intelectual norte-americanas e seus subsídios industriais de alta de tecnologia.

Trump ameaçou retirar os EUA da OMC. A China pediu uma reforma da organização para tornar o comércio global mais justo e efetivo.

Sica acrescentou que um acordo de livre-comércio entre a União Europeia e o Mercosul está "nos estágios finais de negociação", com um acordo provável até o final do ano.

Mais Economia