ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Ibovespa cai 1,84% com embolso de lucros; eleições são foco

24/09/2018 17h48

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da bolsa paulista fechou em baixa nesta segunda-feira, refletindo movimentos de realização de lucro, após ter tido o melhor desempenho semanal do ano, com investidores atentos à disputa presidencial no país.

O principal índice de ações da B3 caiu 1,84 por cento, a 77.984,18 pontos. O volume financeiro do pregão somou 7,56 bilhões de reais. Na semana passada, o Ibovespa acumulou alta de 5,32 por cento.

Para o gestor Igor Lima, sócio na Galt Capital, novas pesquisas mostrando que o candidato do PT, Fernando Haddad, segue tendência de crescimento nas intenções de voto ditaram ajuste os preços das ações, embora o cenário para o segundo turno ainda não indique favoritos.

"A disputa polarizada no primeiro turno entre Jair Bolsonaro (candidato à Presidência do PSL) e Haddad parece consolidada, mas o segundo turno está absolutamente equilibrado. Dessa forma, qualquer excesso de euforia ou de pessimismo tende a ter vida curta", avaliou. "Temos que conviver com essa incerteza."

Sondagens DataPoder360 e BTG Pactual/FSB, conhecidas entre a noite de sexta e a manhã desta segunda-feira mostraram Bolsonaro firmando-se na liderança do primeiro turno, com Haddad crescendo e se distanciado do terceiro colocado.

Agentes financeiros aguardam agora a pesquisa Ibope, que deve ser divulgada na noite desta segunda-feira.

"A duas semanas do primeiro turno das eleições, as novas pesquisas de intenção de votos e todo o noticiário político devem ganhar cada vez mais relevância no rumo dos negócios", destacou a equipe da corretora Ágora, em nota a clientes.

Além da corrida presidencial, outro fator que influenciou os negócios foi o viés negativo dos mercados no exterior. Os índices de Wall Street recuaram puxados pelas ações de tecnologia e refletindo a apreensão com a disputa comercial entre EUA e China.

DESTAQUES

- BRADESCO PN cedeu 2,67 por cento e ITAÚ UNIBANCO PN perdeu 2,49 por cento, após ganhos na semana passada. BANCO DO BRASIL recuou 2,78 por cento e SANTANDER BRASIL UNIT caiu 3,13 por cento.

- VALE ON perdeu 1,33 por cento, após fechar em cotação máxima recorde na sexta-feira, de 61,01 reais.

- PETROBRAS PN recuou 0,7 por cento, devolvendo os ganhos observados no começo da sessão, na contramão da alta do petróleo no exterior, conforme segue suscetível a expectativas relacionadas ao cenário eleitoral. PETROBRAS ON cedeu 0,52 por cento.

- VIA VAREJO UNIT fechou em baixa de 0,61 por cento, tendo no radar acordo com a Getnet, empresa de tecnologia do Santander, para oferecer um portal aos vendedores de sua plataforma marketplace com soluções de serviços financeiros. No setor, MAGAZINE LUIZA caiu 2,1 por cento e B2W cedeu 4,5 por cento.

- ULTRAPAR avançou 0,54 por cento. Foi o único papel do Ibovespa que subiu, uma trégua após terminar a sexta-feira a 36,80 reais, no menor fechamento desde novembro de 2012.

- BR PROPERTIES, fora do Ibovespa, desabou 10 por cento, em meio a revisões de recomendações por analistas, após a Petrobras avisar que quer desocupar unidades da administradora de imóveis comerciais no Rio de Janeiro.

(Por Gabriela Mello e Paula Arend Laier)

Mais Economia