ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Irã diz que petróleo deve subir por falta de ações de sauditas e da Rússia

24/09/2018 10h59

Por Alex Lawler

LONDRES (Reuters) - A Arábia Saudita e a Rússia não irão aumentar significativamente a oferta de petróleo no mercado devido a uma falta de capacidade, disse uma autoridade iraniana nesta segunda-feira, prevendo que os preços deverão subir mais.

Ministros e oficiais da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) se reuniram no domingo com a Rússia e outros aliados, mas o grupo descartou uma elevação imediata na produção, o que na prática foi uma negativa a pedidos do presidente norte-americano Donald Trump por uma ação para baixar os preços.

O movimento da Opep ajudou a pressionar para cima os preços do petróleo nesta segunda-feira, rumo a máximas em quatro anos, perto dos 81 dólares por barril. O mercado também tem sido sustentado pela perspectiva de menores exportações do Irã, terceiro maior produtor da Opep, devido a sanções dos EUA.

O governador do Iraque na Opep, Hossein Kazempour Ardebili, disse em comentários à Reuters que a Arábia Saudita e a Rússia não são capazes e não querem aumentar a produção no curto prazo.

"Eles estão agindo pouco e tardiamente, para ter preços maiores", disse ele. "Eles conseguiram preços mais altos e ainda vão levá-los ainda mais pra cima".

"Não há capacidade ociosa. Eles não podem entregar a capacidade extra que dizem", adicionou.

A Arábia Saudita, maior produtor da Opep, disse que poderia adicionar 1,5 milhão de barris por dia ao mercado - cerca de 1,5 por cento da demanda global. Mas o ministro de Energia Khalid al-Falih disse no domingo que tal movimento não é necessário no momento.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia