PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Cemig reverte prejuízo e tem lucro de R$ 95,5 mi no 3º tri; Ebitda cresce

José Roberto Gomes

14/11/2018 20h11Atualizada em 15/11/2018 09h01

 SÃO PAULO (Reuters) - O lucro líquido da companhia mineira de energia elétrica Cemig somou R$ 95,5 milhões no terceiro trimestre, revertendo prejuízo de R$ 83,6 milhões em igual período do ano anterior, informou a companhia nesta quarta-feira.

Em balanço, a empresa ressaltou que o desempenho entre julho e setembro foi "significativamente afetado" por despesa de R$ 225,90 milhões referente a efeitos das variações cambiais incidentes sobre a dívida captada no mercado internacional (Eurobonds), "parcialmente compensadas pelos efeitos dos ganhos decorrentes da operação de hedge relacionada a esse empréstimo", no montante de R$ 142,4 milhões.

No segundo trimestre, os resultados da elétrica já haviam sido afetados pelas despesas com eurobonds.

A Cemig disse que a geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) totalizou R$ 682,3 milhões no terceiro trimestre deste ano, frente R$ 100,6 milhões um ano antes.

Segundo a empresa, as provisões operacionais foram de R$ 134,8 milhões entre julho e setembro, comparadas a R$ 188,8 milhões em igual período de 2017, uma redução de 28,6%.

Em paralelo, a Cemig disse que a receita com fornecimento bruto de energia elétrica foi de quase R$ 7 bilhões no terceiro trimestre de 2018, contra R$ 5,8 bilhões há um ano --aumento de 19,1%.

A receita com energia vendida a consumidores finais, excluindo consumo próprio, foi de R$ 6,1 bilhões, versus cerca de R$ 4,9 bilhões no ano anterior.

Conforme a Cemig, os principais itens que afetaram esta receita foram o reajuste tarifário anual da Cemig D, com impacto médio nas tarifas dos consumidores de 23,19% positivos, aplicável a partir de 28 de maio de 2018; e o aumento de 3,81% no volume de energia vendida aos consumidores finais.