PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

CNPC suspende investimento em projeto de gás no Irã após pressão dos EUA, dizem fontes

12/12/2018 11h49

Por Chen Aizhu

CINGAPURA (Reuters) - A China National Petroleum (CNPC) suspendeu os investimentos no projeto de gás natural South Pars, no Irã, em resposta à pressão dos EUA e para minimizar a tensão nas negociações comerciais entre Pequim e Washington, disseram três executivos da estatal de petróleo.

South Pars é o maior campo de gás do mundo, e o congelamento de investimentos da CNPC é um golpe nos esforços de Teerã para manter o financiamento de projetos de energia em meio à reimposição de sanções dos EUA em seu setor de energia no início deste ano.

O Irã disse em 25 de novembro que a CNPC substituiu a Total como a operadora do projeto da Fase 11 em South Pars, depois que a empresa francesa encerrou sua participação para não violar as sanções.

A suspensão dos investimentos ocorreu após quatro rodadas de negociações em Pequim, incluindo uma em outubro, com altos funcionários dos EUA que pediram que a CNPC se abstenha de injetar novos financiamentos no Irã, disse uma das fontes, um executivo com conhecimento direto do assunto.

Não ficou claro se o governo chinês deu ordens diretas para a suspensão, mas as fontes disseram que é politicamente sensato em meio às negociações comerciais entre a China e os Estados Unidos.

"A China considera o relacionamento com os EUA como primordial em relação a qualquer outra coisa. Como uma entidade estatal, a CNPC evitará trazer problemas indesejados a esse relacionamento, já que as negociações comerciais da China estão em andamento", disse uma segunda fonte familiarizada com a estratégia global da CNPC.

As fontes pediram anonimato, pois não estão autorizadas a falar com a mídia.

A CNPC não respondeu a questionamentos da Reuters. Autoridades do Ministério do Petróleo iraniano não quiseram falar sobre o assunto.

(Reportagem de Chen Aizhu em Cingapura; Reportagem adicional de Parisa Hafezi em Ankara)