PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Cotações

Petróleo despenca 5% para mínimas em mais de 1 ano, na esteira de queda das ações

20/12/2018 18h56

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo recuaram cerca de 5% nesta quinta-feira (20), atingindo suas mínimas em mais de um ano, por receios sobre o excesso de oferta e uma projeção da demanda de energia, conforme o aumento das taxas de juro dos Estados Unidos derrubou os mercados acionários.

Os futuros do petróleo Brent fecharam em baixa de US$ 2,89, ou 5,05%, a US$ 54,35 por barril. Os futuros do petróleo dos EUA (WTI) recuaram US$ 2,29, ou 4,75%, para US$ 45,88 o barril.

O Brent tocou uma mínima da sessão de US$ 54,28, seu menor nível desde meados de setembro de 2017, enquanto o WTI afundou para US$ 45,67, mínima desde o fim de agosto do ano passado.

Juros nos EUA

Os índices acionários globais caíram depois que o Federal Reserve aumentou as taxas de juro norte-americanas na quarta-feira (19) e manteve grande parte da sua diretriz para mais elevações nos próximos dois anos, acabando com as esperanças dos investidores de uma projeção mais "dovish" para a política monetária.

O mercado de ações dos EUA estendeu as perdas nesta quinta-feira, pressionando os preços do petróleo.

"Qualquer enfraquecimento adicional no apetite ao risco, conforme ressalta a queda nas ações, pode facilmente levar as entidades especulativas do WTI a saírem das posições compradas remanescentes", disse Jim Ritterbusch, presidente da Ritterbusch and Associates, em nota.

(Por Stephanie Kelly, Christopher Johnson, Meng Meng e Aizhu Chen)

Cotações