PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Vendas de final de ano nos EUA têm melhor desempenho em 6 anos, diz relatório

26/12/2018 14h52

(Reuters) - As vendas da temporada de compras de natal nos Estados Unidos subiram 5,1 por cento, para mais de 850 bilhões de dólares em 2018, o pico em seis anos, segundo um relatório da Mastercard, com os consumidores encorajados por descontos antecipados.

Os dados incluem vendas online e de lojas físicas entre 1º de novembro e 24 de dezembro. A National Retail Federation previu que as vendas no varejo nos EUA cresceriam entre 4,3 e 4,8 por cento nos dois últimos meses do ano.

Com baixo desemprego e aumento dos salários, os gastos do consumidor norte-americano aumentaram, atingindo em outubro o maior nível em quase duas décadas.

Os dados também indicaram que a confiança do consumidor não foi prejudicada pela recente volatilidade nos mercados de ações dos EUA e se preocupa com a desaceleração do crescimento global.

Com a véspera de Natal caindo na segunda-feira, os clientes ganharam um dia extra para fazer compras.

Os gastos com vestuário e reformas residenciais tiveram expansão de 7,9 e 9 por cento, respectivamente. Mas as vendas de eletrônicos e eletrodomésticos caíram 0,7 por cento, em comparação com um aumento de 7,5 por cento no ano passado.

O SpendingPulse rastreia gastos combinando a atividade de vendas na rede de pagamentos da Mastercard com as estimativas de dinheiro e outros formulários de pagamento e exclui vendas de automóveis.

A Amazon informou nesta quarta-feira que teve uma temporada de final de ano "recorde", com um bilhão de itens enviados gratuitamente com o plano de assinatura Prime nos EUA.

(Por Aishwarya Venugopal)