IPCA
0.43 Fev.2019
Topo

Agronegócio


Safra de café 2019 do Brasil deve alcançar 58,2 mi sacas, diz Comexim

2019-01-14T16:04:38

2019-01-14T18:34:40

14/01/2019 16h04Atualizada em 14/01/2019 18h34

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil deverá produzir 58,2 milhões de sacas de café na safra deste ano, comparadas à estimativa revisada de 63,05 milhões de sacas em 2018, o que seria um recorde, projetou nesta segunda-feira a exportadora Comexim.

A empresa, uma das maiores exportadoras brasileiras de café, disse em relatório que a produção de robusta do Brasil em 2019 deve atingir um recorde de 19,8 milhões de sacas, ante 16,35 milhões de sacas em 2018.

A produção de arábica deve cair, uma vez que essa variedade alterna anos de alta e baixa produção, com a Comexim vendo a safra em 38,4 milhões de sacas, contra 46,7 milhões de sacas no ano anterior.

A exportadora espera um ano difícil para a maior parte dos produtores de café, uma vez que o ano negativo no ciclo de produção resulta em maiores custos. Ela projeta que a safra maior de 2018 deverá resultar em maiores estoques de passagem, que atingiriam 4 milhões de sacas antes da nova safra.

A Comexim disse ainda que, apesar da safra recorde no ano passado, o fornecimento de cafés com diferenciais atraentes provou-se mais difícil que o esperado.

A empresa afirmou que isso foi "sentido por toda a cadeia, ou pelo menos por aqueles que não reservaram diferenciais com descontos bem antes do início da temporada, quando vários agentes estavam apostando em uma pressão de venda que resultaria em ofertas mais baratas".

(Por Marcelo Teixeira)

Mais Agronegócio