PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

MP contra fraudes na Previdência pode ficar para depois de viagem a Davos, diz Onyx

15/01/2019 19h46

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta terça-feira que a medida provisória que o governo está elaborando contra fraudes na Previdência poderá ficar para depois da viagem de presidente Jair Bolsonaro ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Falando a jornalistas após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, Onyx disse que a proposta de reforma da Previdência contará com a introdução do sistema de capitalização, mas com condições diferentes do que foi feito em outros países do mundo.

(Por Marcela Ayres)

PUBLICIDADE