PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

EXCLUSIVO-Carlyle negocia para levar fatia na Cepsa por US$3,4 bi, dizem fontes

05/03/2019 13h49

Por Andrés González e Clara Denina e Stanley Carvalho

MADRID/LONDON/ABU DHABI (Reuters) - A empresa de private equity Carlyle Group está à frente de outros concorrentes para comprar uma participação de 30 por cento na Cepsa por até 3 bilhões de euros (3,4 bilhões de dólares), apenas quatro meses depois de a proprietária Mubadala suspender uma listagem da empresa de energia, disseram três fontes familiarizadas com o assunto à Reuters.

Carlyle, cuja divisão de energia e recursos naturais inclui fundos como a Neptune Energy, pode chegar a um acordo dentro de algumas semanas, disse uma das fontes.

Cepsa e Carlyle se recusaram a comentar.    Outras empresas de investimento, incluindo CVC, Apollo e Macquarie, manifestaram interesse em comprar uma participação na petrolífera espanhola, que pertence ao fundo de investimento Mubadala Investment Company, de Abu Dhabi, disseram fontes à Reuters.

No entanto, Carlyle surgiu como o concorrente favorito no processo que é liderado por Rothschild, disseram as fontes, embora nenhum acordo tenha sido finalizado.

Em outubro, a Mubadala desistiu de um plano para listar 25 por cento da Cepsa na bolsa de valores de Madri, citando a incerteza nos mercados de capitais internacionais e o apetite sem brilho entre os investidores internacionais.

A Cepsa registrou uma queda de 15 por cento no lucro líquido ajustado anual (CCS) para 754 milhões de euros no ano passado.

A incerteza política na Europa, as tensões políticas dos EUA e a desaceleração econômica global, em meio à guerra comercial entre os EUA e a China e as sanções contra o Irã e a Rússia, impediram uma série de ofertas públicas iniciais (IPO) nos últimos meses.

(Reportagem adicional de Ron Bousso)