PUBLICIDADE
IPCA
0,21 Jan.2020
Topo

Diplomata israelense diz que viagem de Bolsonaro terá foco na economia

25/03/2019 13h06

BRASÍLIA (Reuters) - O embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, afirmou nesta segunda-feira que a viagem do presidente Jair Bolsonaro a seu país terá como prioridade a área econômica, tirando o foco sobre eventual mudança da embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

“Não falamos sobre isso”, respondeu, questionado sobre novidades em relação à mudança da representação brasileira em Israel, acrescentando que “a visita econômica é mais importante”.

“Quem vai com ele (Bolsonaro) vai ser muito feliz com essa agenda, uma agenda mais econômica.”

O cronograma da viagem de Bolsonaro a Israel no fim do mês, a poucos dias de uma eleição naquele país, deve incluir conversas entre representantes de empresas dos dois países, além de audiências entre o presidente brasileiro e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que tenta a reeleição.

Segundo Shelley, há previsão de assinatura de acordos, como na área de Ciência e Tecnologia, envolvendo conhecimento sobre a tecnologia de satélites, e outro na área de carne resfriada. O embaixador não forneceu detalhes sobre os acordos.

Bolsonaro chegou a prometer, durante a campanha eleitoral e depois de eleito, a transferência da embaixada, medida defendida pela bancada evangélica, uma das primeiras a declarar apoio ao então candidato. O compromisso, no entanto, se choca com interesses comerciais com países árabes e entrou em banho maria.

Na semana passada, em entrevista para fazer um balanço da viagem do presidente aos Estados Unidos, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, evitou responder se já uma decisão tomada sobre essa questão.

Na ocasião, Araújo argumentou que a mudança envolve uma série de sensibilidades, mas procurou ressaltar que uma maior aproximação com Israel não implica um rebaixamento na relação com os países árabes.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Economia