IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Reforma da Previdência


Relator diz que ainda é cedo para novidades sobre reforma da Previdência

02/05/2019 12h32

BRASÍLIA (Reuters) - O relator da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara dos Deputados, Samuel Moreira (PSDB-SP), afirmou hoje que é cedo para alguma novidade sobre seu texto, se recusando a comentar um suposto esforço do centrão para desidratar a proposta para evitar a reeleição do presidente Jair Bolsonaro.

"Estamos conversando com os técnicos, vendo dados, aperfeiçoando dados, nenhuma novidade sobre o relatório, tudo muito cedo", afirmou ele, após reunião no fim da manhã com o secretário especial adjunto da Previdência e Trabalho, Bruno Bianco.

Após o deputado Paulo Pereira da Silva (SD) ter afirmado na véspera que estava tentando conquistar apoios no centrão para diminuir a economia com a reforma da Previdência, sob o argumento que uma potência fiscal muito grande pavimentaria o caminho para um segundo mandato de Bolsonaro, Moreira avaliou que não lhe cabia tecer comentários a respeito.

"Não há hipótese de eu fazer uma declaração sobre esse assunto, não tem hipótese. Eu sou relator, estou com outra atribuição. Deixa isso aí para os políticos", disse ele, acrescentando que, quanto aos seus trabalhos, "está tudo em ordem, tudo indo bem".

Ainda na quarta-feira, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse no Twitter que esperava que a declaração de Paulinho da Força não fosse verdade.

"Espero que a notícia abaixo não seja verdade, esse é o momento de todos pensarem no Brasil e nas próximas gerações e menos nas próximas eleições", escreveu o secretário.

(Por Marcela Ayres; Edição de Alexandre Caverni)

Mais Reforma da Previdência