PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Boeing diz que completou atualização de software de jatos 737 MAX

16/05/2019 16h38

BANGALORE, Índia (Reuters) - A Boeing afirmou nesta quinta-feira que completou o desenvolvimento de uma atualização de software para o jato 737 MAX, cujos voos estão suspensos após quedas de duas unidades do modelo nos últimos meses, que mataram centenas de pessoas.

A fabricante afirmou que está dando informações adicionais para atender pedidos da agência de aviação dos Estados Unidos (FAA), incluindo detalhes sobre como pilotos interagem com controle e mostradores da aeronave em distintos cenários de voo.

Assim que as dúvidas da FAA forem sanadas, a Boeing vai trabalhar com a agência para marcar teste de certificação de voo e submeter pedido de certificação final, afirmou a empresa.

A FAA está programando para 23 de maio uma reunião com autoridades de voo de países ao redor do mundo para atualizá-las sobre as revisões feitas nas atualizações no software do avião e programa de treinamento de pilotos.

O 737 MAX teve voos suspensos após um avião do modelo, operado pela Ethiopian Airlines, caiu matando 157 pessoas. O acidente ocorreu cinco meses depois de outra unidade do modelo, da Lion Air, cair e matar 189 pessoas.

A Boeing espera que a atualização de software e novo treinamento de pilotos adicionem uma nova camada de proteção para evitar que dados equivocados disparem um sistema chamado MCAS, ativado em ambas as quedas.

A companhia afirmou que também completou testes de simulador associados e engenharia de teste de voo da aeronave.

Até agora, a Boeing acumulou mais de 360 horas em 207 voos com o jato após a atualização de software, informou a empresa.

(Por Tamara Mathias)