PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Comissão especial só deve votar parecer da Previdência na 1ª semana de julho, diz Ramos

Ricardo Brito e Jamie McGeever

28/05/2019 16h56

BRASÍLIA, 28 Mai (Reuters) - O presidente da Comissão Especial da Câmara para a reforma da Previdência, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou nesta terça-feira que a tendência é de o parecer do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) ser votado pelo colegiado somente na primeira semana de julho, apesar da disposição do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que mais cedo disse que iria pedir para o relator antecipar a apresentação do texto.

Segundo Ramos, na penúltima semana de junho tem um feriado na quinta-feira e na última ocorrem as festas juninas, que tradicionalmente esvaziam o trabalho no plenário. Por isso, na avaliação dele, a votação deverá ficar para depois.

"O Rodrigo tinha que ter falado comigo antes, porque não basta o Samuel apresentar o relatório, tem que colocar para votar. Não sei porque ele saiu com essa afobação também", disse Ramos, responsável por marcar o dia da votação do parecer na comissão, em entrevista à Reuters.

"Não daria tempo de votar, só iria votar na primeira semana de julho", reforçou.

(Edição de Alexandre Caverni)