PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Cotações

Atvos, produtora de etanol da Odebrecht, pede recuperação judicial

Por Aluísio Alves

29/05/2019 18h53

SÃO PAULO, 29 Mai (Reuters) - A Atvos, produtora de etanol do grupo Odebrecht, oficializou nesta quarta-feira que pediu recuperação judicial na Justiça do Estado de São Paulo, após um investidor ter garantido judicialmente o bloqueio do caixa da companhia.

Em nota em seu próprio website, a companhia explicou que a decisão tem o objetivo de preservar suas operações, garantir equilíbrio financeiro e manter os empregos de 10 mil empregados.

"Este processo é resultado da investida hostil de um fundo internacional, credor da Atvos, que por meio de processo judicial colocou em risco as operações da empresa", disse a companhia, uma das maiores produtoras de etanol do Brasil.

Mais cedo, a Reuters publicou citando fonte que a Atvos iria pedir recuperação judicial nesta semana, após a norte-americana Lone Star ter conseguido na Justiça uma ordem de bloqueio do caixa da Atvos no início da semana.

A Atvos afirmou ainda que, após o deferimento do pedido pela Justiça, a empresa terá 60 dias para apresentar a primeira versão do plano de recuperação judicial.

Na safra 19/20, informou que tem expectativa de moer cerca de 27 milhões de toneladas de cana, suficientes para produzir 2,1 bilhões de litros de etanol, 237 mil toneladas de açúcar VHP e gerar 2,9 mil GWh de energia elétrica.

Cotações