IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Petrobras vê Raízen e outras distribuidoras interessadas em refinarias

28/06/2019 16h35

Por Gram Slattery

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras acredita que três tipos de empresas podem estar interessadas na compra de suas refinarias, incluindo distribuidoras de combustíveis locais, como a Raízen, disse um executivo da estatal nesta sexta-feira.

Falando em um evento no Rio de Janeiro, o diretor de Relações Institucionais da empresa, Roberto Furian Ardenghy, disse que companhias distribuidoras de combustíveis, produtoras de petróleo com operações no Brasil e empresas de trading poderiam adquirir algumas das refinarias do bloco de desinvestimento da estatal.

"Hoje, estamos vendo três segmentos que poderiam se interessar por nossas instalações. O primeiro segmento é o de distribuidoras, nossos amigos da Raízen, e outras companhias que estão aqui", disse Ardenghy.

A Petrobras planeja vender oito de suas refinarias, em um processo que o presidente da empresa, Roberto Castello Branco, já disse que pode arrecadar 15 bilhões de dólares.

Na quinta-feira, Castello Branco afirmou que uma das refinarias pode ser vendida até o final deste ano.

As possíveis compradoras que Ardenghy mencionou são as que costumam ser apontadas como interessadas por analistas.

Glencore e Vitol, ambas ativas trading de commodities, recentemente entraram no ramo de distribuição de combustíveis no Brasil, gerando especulações de que possam querer verticalizar operações.

A Raízen, segunda maior distribuidora de combustíveis do Brasil, é uma joint venture entre Shell e Cosan. A empresa não respondeu de imediato a um pedido por comentários.

(Reportagem de Gram Slattery)

Mais Economia