IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Exxon tem queda no lucro do 2° trimestre, enquanto Chevron vê alta nos resultados

02/08/2019 20h07

Por Jennifer Hiller

HOUSTON (Reuters) - As gigantes do petróleo dos Estados Unidos Exxon Mobil e Chevron divulgaram balanços em direções opostas nesta sexta-feira, com um recuo nos lucros da primeira e um avanço na segunda, embora ambas tenham registrado forte avanço na produção de "shale" nos EUA.

A Exxon superou as já baixas estimativas de analistas para o trimestre, mas o lucro líquido recuou 21% em relação ao ano anterior, para 3,13 bilhões de dólares, em seu terceiro trimestre consecutivo de lucros fracos, apesar de ter quase dobrado a produção de "shale" na bacia de Permian.

Já os lucros da Chevron, cuja produção em Permian avançou 50% ante o ano passado, foram 26% maiores na comparação anual, em linha com as projeções, com a empresa beneficiando-se de uma taxa de rescisão de 1 bilhão de dólares paga pela Anadarko, que aceitou uma oferta maior da Occidental depois de concordar com sua venda para a Chevron.

As ações de ambas as companhias caíram nesta sexta-feira, com a Exxon perdendo um 1%, para 71,75 dólares por ação, e a Chevron cedendo 0,01 dólar, para 120,73 dólares, em consonância com as quedas nos mercados acionários devido à guerra comercial entre EUA e China.

"Trimestre bem fraco para as duas mais uma vez", disse Jennifer Rowland, analista da Edward Jones. Após gastar com grandes projetos e dividendos, a Exxon teve uma queda de 2,7 bilhões de dólares no fluxo de caixa livre, segundo ela. Investidores observaram de perto o dado como um sinal da saúde financeira da empresa.

Já a Chevron reportou uma alta de sua produção em geral de 9% na comparação anual, para um nível recorde de 3,08 milhões de barris por dia. Na Exxon, a produção total de petróleo e gás cresceu 7%.

(Reportagem de Jennifer Hiller e Arathy S Nair)

Mais Economia