IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Qualicorp chega a disparar mais de 30% após Rede D'Or comprar fatia na empresa

09/08/2019 11h24

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da Qualicorp chegaram a subir mais de 30% nesta sexta-feira, após a notícia de que o grupo hospitalar Rede D'Or São Luiz assinou contrato na quinta-feira para comprar cerca de 10% das ações do grupo, líder brasileiro na comercialização e administração de planos de saúde coletivos.

Os papéis, de acordo com o fato relevante publicado na noite da véspera, serão comprados do acionista e atual presidente-executivo da Qualicorp, José Seripieri Junior, que seguirá no cargo e como membro do conselho da empresa até o fechamento da operação. Depois, ele seguirá como acionista.

Às 11:20, as ações valorizavam-se 23,82%, a 27,24 reais, maior alta do Ibovespa, que subia 0,4%. Na máxima, as ações chegaram a subir 33,18%, a 29,30 reais, maior cotação intradia desde janeiro de 2018.

O valor da transação não foi divulgado, mas de acordo com reportagem do jornal Valor Econômico, citando fontes, houve prêmio, embora não muito relevante.

Analistas do Bradesco BBI afirmaram ver valor estratégico para a Rede D'or na aquisição da participação, pois a empresa possui um segmento de corretagem, o que permite que ela prenda ainda mais as seguradoras de saúde e permita um melhor preço de seus serviços, dada a quantidade de informações que detém.

"Tendo em vista os lançamentos de produtos de seguros de 'rede fechada' pelas seguradoras, ter participação na Qualicorp pode permitir que a Rede D'or crie novos produtos e faça parte da solução para a falta de produtos mais acessíveis da Qualicorp", afirmou a equipe liderada por Fred Mendes.

Sobre a saída de Seripieri do cargo de CEO da Qualicorp na conclusão da operação, os analistas, apesar de verem o valor estratégico dele para a empresa como seu fundador, acreditam que ele poderia contribuir como membro do conselho de administração ou consultor.

"Tenha em mente que, em outubro de 2018, a Qualicorp e Seripieri assinaram um contrato de não concorrência de seis anos que exige que ele mantenha 13,6 milhões de ações da empresa. Com o acordo, Seripieri manterá cerca de 28,2 milhões de ações, em linha com o acordo."

(Por Paula Arend Laier)

Mais Economia