IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Indicação de Aras para PGR é lida no plenário do Senado e Eduardo Braga será relator

11/09/2019 19h53

BRASÍLIA (Reuters) - A indicação do subprocurador-geral da República Augusto Aras para comandar a Procuradoria-Geral da República foi lida no plenário do Senado nesta quarta-feira, dando a largada para a tramitação da escolha na Casa.

    Uma vez lida, a mensagem presidencial com a indicação foi encaminhada à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, onde o  escolhido para chefiar a PGR no lugar de Raquel Dodge será submetido a uma sabatina.

    Pouco depois, o gabinete da presidente da comissão, Simone Tebet (MDB-MS), informou que o senador Eduardo Braga (MDB-AM) será o relator da indicação. Nos cálculos da senadora, é possível que o assunto esteja liquidado na CCJ ainda neste mês.

    Segundo ela, a análise do nome não interfere na tramitação das reformas da Previdência e tributária. A presidente do colegiado calcula que haverá reuniões deliberativas livres na comissão para sabatinar o indicado, que participou de uma ampla reunião na véspera com líderes e senadores e negou um alinhamento ao presidente Jair Bolsonaro.

    Tebet admitiu, inclusive, a possibilidade de ocorrer a leitura do parecer sobre a indicação na próxima quarta-feira, com eventual votação na quarta seguinte.

    Após passar pela CCJ, a indicação ainda precisa ser submetida a voto, secreto, no plenário, onde tem que obter o apoio de pelo menos 41 dos 81 senadores.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Mais Economia