IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Cotações


Índices da China fecham em mínima de uma semana por dúvidas sobre tarifas comerciais

08/11/2019 07h30

HONG KONG (Reuters) - Os índices acionários da China reverteram os ganhos e fecharam em baixa nesta sexta-feira, após uma notícia da Reuters sugerindo que autoridades da Casa Branca se opõem à revogação de tarifas sobre Pequim levantar incertezas sobre a primeira fase de um acordo comercial.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,47%, enquanto o índice de Xangai terminou com baixa de 0,49.

Na semana, o Índice de Xangai teve alta de 0,2%, enquanto o CSI300 ganhou 0,5%.

O índice do subsetor financeiro caiu 1%, o de consumo perdeu 0,2% e o imobiliário teve queda de 0,8%.

As ações ficaram sob pressão depois que várias fontes disseram à Reuters na quinta-feira que o plano para cancelar tarifas enfrenta forte oposição interna na Casa Branca e de assessores externos.

Na quinta-feira, autoridades dos EUA e da China disseram que os dois países irão reverter as tarifas sobre os produtos um do outro na "fase um" de um acordo comercial se ele for finalizado.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,26%, a 23.391 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,70%, a 27.651 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,49%, a 2.964 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,47%, a 3.973 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,33%, a 2.137 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,23%, a 11.579 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,65%, a 3.264 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,04%, a 6.724 pontos.

(Reportagem de Noah Sin)

Cotações