PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Alta da Inditex sustenta mercado europeu antes de eleições do Reino Unido e de prazo tarifário

11/12/2019 14h35

Por Susan Mathew e Medha Singh

(Reuters) - As ações europeias tiveram poucos movimentos nesta quarta-feira, na expectativa por eventos importantes como o prazo de tarifas dos Estados Unidos sobre a China, eleições gerais no Reino Unido e algumas reuniões de bancos centrais, mas um rali de 5,2% na Inditex, proprietária da Zara, garantiu um fechamento positivo.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,23%, a 1.588 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,22%, a 406 pontos.

As ações espanholas lideraram os ganhos entre seus pares regionais, já que as ações da Inditex tocaram uma máxima de dois anos após registrar um forte crescimento nos lucros.

No Reino Unido, os britânicos votam na quinta-feira em uma eleição que deve decidir o destino do Brexit. Agora, as pesquisas preveem apenas uma maioria modesta para o atual primeiro-ministro Boris Johnson, um resultado que pode prolongar a incerteza e afetar ainda mais o sentimento dos investidores.

Além disso, um acordo comercial sino-americano permanece incerto antes da próxima rodada de tarifas dos Estados Unidos sobre importações chinesas, previstas para 15 de dezembro, mas as últimas notícias sugerem que as tarifas podem ser adiadas.

A decisão de política monetária do Federal Reserve dos EUA ainda nesta quarta-feira também estava em foco. A expectativa é de que o Fed esperado que o Fed deixe os custos dos empréstimos inalterados.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,03%, a 7.216 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,58%, a 13.146 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,22%, a 5.860 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,14%, a 23.155 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,77%, a 9.392 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,01%, a 5.148 pontos.