PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Bolsonaro defende agropecuária em terras indígenas e diz que projeto de mineração está pronto

O presidente Jair Bolsonaro fala à Imprensa e os indios da etinia Matuxi da Raposa Serra do Sol, Irisnaide de Souza Jonas e Marcolino de Souza no Palácio da Alvorada - Antonio Cruz/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro fala à Imprensa e os indios da etinia Matuxi da Raposa Serra do Sol, Irisnaide de Souza Jonas e Marcolino de Souza no Palácio da Alvorada Imagem: Antonio Cruz/Agência Brasil

Lisandra Paraguassu

Da Reuters, em Brasília

19/12/2019 09h19

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu hoje que uma das soluções para enfrentar a alta no preço da carne é aumentar a criação de gado no país, e disse que isso pode ser feito a partir da liberação de atividades de exploração nas terras indígenas.

Segundo o presidente, o projeto de lei que prevê a liberação de garimpos nas terras indígenas está pronto para ser enviado ao Congresso, e ele defendeu a exploração nessas áreas além das atividades minerais.

"O índio vai poder fazer nas suas terras tudo o que um fazendeiro faz", disse Bolsonaro a jornalistas ao sair do Palácio da Alvorada. "É a Lei Áurea dos índios."

Entre as pessoas que o esperavam em frente à residência oficial estavam dois indígenas que defendiam a proposta.

O texto, uma das primeiras promessas de governo de Bolsonaro, enfrenta resistência na Congresso, o que levou ao atraso no envio da proposta. O presidente não soube dizer quando o projeto deve ser entregue aos parlamentares.

Essa semana é a última de trabalho no Congresso antes do recesso, e depois os parlamentares só voltarão ao trabalho em fevereiro.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas