PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Bolsonaro desiste de dar reajuste a policiais do DF por medida provisória

27/12/2019 16h41

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, em entrevista ao sair do Palácio da Alvorada, ter desistido de conceder um reajuste a policiais e bombeiros do Distrito Federal por meio de uma medida provisória e destacou que vai enviar um projeto de lei ao Congresso garantindo o aumento salarial.

"O aumento vai passar para fevereiro, por questão de Lei Orçamentária. Se eu assino (a medida provisória), eu tô na Lei de Responsabilidade Fiscal. O dinheiro é de vocês, não é nosso. Eu tô passando o fundo para vocês. Não quero mais saber desse fundo do DF aqui, deixa que o governador decide lá", disse.

Na véspera do Natal, Bolsonaro chegou a anunciar que assinaria uma medida provisória concedendo reajuste de 8% a policiais civis e militares, além de bombeiros do DF. A iniciativa ocorreu durante um encontro do presidente com o governador local, Ibaneis Rocha (MDB).

O Distrito Federal conta com um fundo custeado pela União para bancar despesas com segurança pública, saúde e educação. Até o momento, esse recurso é gerido pelo governo federal, mas Bolsonaro quer que seja aprovada uma Proposta de Emenda à Constituição para deixar a gestão desse dessa verba com o governo do Distrito Federal.

(Reportagem de Ricardo Brito)