PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Presidente do INSS é demitido após crise na fila por benefícios, Rolim assumirá

28/01/2020 18h37

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do INSS, Renato Vieira, foi demitido em meio à crise no órgão por causa do represamento na concessão de benefícios, e será substituído no cargo pelo secretário de Previdência, Leonardo Rolim.

O anúncio foi feito nesta terça-feira pelo secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho.

Pela manhã, os três participaram de reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Marinho também anunciou nesta terça-feira que uma medida provisória (MP) será editada pelo governo para selecionar funcionários civis aposentados para acelerar o acesso a benefícios do INSS.

Mais cedo neste mês, o governo já havia divulgado que abriria a possibilidade de contratação, de forma temporária, de até 7 militares da reserva para a mesma tarefa.

A equipe econômica tem dito que nos últimos anos houve crescente represamento de pedidos devido à redução da força de trabalho do órgão.

Com isso, mais de 2,4 milhões de benefícios chegaram a ficar parados à espera de análise. Atualmente, esse número é de 1,3 milhão.

(Por Marcela Ayres)